Pisos suspensos

Flexibilidade Para Reorganizar O Espaço Na Liberdade De Design Total De

O piso suspenso é um sistema de revestimento estudado para resolver os problemas cada vez mais constantes de instalações técnicas ao interno de escritórios e ambientes de trabalho em geral.
A solução consiste em levantar  o piso , criando um vão técnico entre o pavimento e o chão, onde serão feitas as instalações das redes de distribuição( elétrica, climatização), de transmissão (informática, telefônica) e de automação (sistemas de building automation, sistemas de sugurança e anti-incêndio).
Característica principal deste sistema é a funcionalidade , visto que é possível acessar todas as instalações e manuseá-las sem romper alvenaria ou estruturas de construção, com evidentes vantagens em termos de tempo e de custos de gestão. Com os elementos montados sem a presença de cola, é fácil intervir nos painéis do piso ou até mesmo reutilizá-los em ambientes diferentes do original.
A flexibilidade do sistema consente de adaptar as instalações técnicas às mudanças de posição dos locais de trabalho e da rede de informática. Com este sistema de piso elevado é possível reorganizar o espaço e modificá-lo de modo rápido sem muitos incovenientes. Outras vantagens são maior liberdade de projeto, não mais vinculado ao posicionamento das instalaçoes, e na disponibilidade de uma variedade de material durável e esteticamente valiosos para o acabamento da superfície dos painéis.
Alem do desempenho técnico, como resitência à passagem e pancadas, os pedras high-tech Ariostea oferecem de fato múltiplas soluções estéticas, associando praticidade, valores e durabilidade.

SISTEMA CONSTRUTTIVO

O piso elevado é um sistema construtivo que consente instalação à seco de elementos do piso , criando um espaço entre o chão e o pavimento e que permite ser desmontado. Um piso elevado é composto de um elemento de acabamento , um painél e uma estrutura de sustentação:

  • o elemento de acabamento da superfície é feito com mármore ou pedras high-tech e relativas texturas;
  • o painél é composto de um suporte , de um acabamento lateral e uma base inferior;
  • a estrutura de sustentação é composta de montantes, barras transversais e guarnições.

ELEMENTO PARA ACABAMENTO SUPERFICIAL 

No piso elevado a camada do solo deve garantir , além de determinadas qualidades estéticas, também resistência e inalterabilidade. As placas de acabamento são coladas nos painéis com material colante apropriado que permitem a coesão química.
Com o objetivo de amortecer as cargas horizontais , os rejuntes entre as placas é realizado com material plástico maleável capaz de evitar compressões laterais das próprias placas.
O material maleável permite ainda uma melhor instalação dos painéis e reduz a possibilidade de sobreposição .
Tal conceito é aplicado seja nos rejuntes entre os painéis como também entre as placas de acabamento que revestem cada um.

PAINÉL

A função específica do painél é aquela de sustentar as placas de acabamento e de transferir as cargas à estrutura inferior. As bordas laterais transmitem forças horizontais de um painel a outro vizinho, sem solicitar a placa de acabamento, enquanto o revestimento inferior tem a função de proteção e incremento da resistência mecânica do painel em si.
As características principais para a escolha do tipo de painel é a resistência a cargas,
a reação ao fogo, a estabilidade e o grau de absorção.
Os painéis realizados com suporte de sulfato de cálcio a alta densidade , oferecem desempenho melhor, seguidos daqueles realizados com materiais compostos e daqueles de aglomerado de alta densidade, que podem de qualquer modo responder adequadamente à exigências específicas de determinados projetos..

ESTRUTURA DE SUSTENTAÇÃO

No piso elevado a estrutura tem a função de suportar o ambiente de passagem e de transmitir as cargas incidentes ao contra-piso ; deve então ser composta de elementos de vários desenhos , capazes de resistir à solicitações às quais o piso é submetido.
A composição destes elementos é determinada por um nível de resistência exigidos por cada projeto específico.
A estrutura de um piso elevado é composta de três tipos de componentes : montantes, barras transversais e guarnições. Os elementos estruturais , ou seja os montantes e as barras, são realizadas em aço zincado, enquanto as guarnições são em plástico .
A escolha do uso do aço se dá pelo alto grau de trabalhabilidade , na relação resistência/peso suficientemente alta, boa resistência à corrosão e ao fogo.
Os montantes são posicionadas diretamente no contrapiso sobre os "pés" e permitem a junção com as barras transversais pelas "cabeças" . Uma barra composta de duas roscas permite regular a altura do montante para compensar eventual irregularidade do contrapiso. A altura dos montantes depende das dimensões das instalações embaixo do piso e obviamente do tipo de projeto e quantidade de cargas incidentes.
As barras transversais podem ser compostas de modo diferenciado de acordo com as cargas que devem suportar. Barras especiais com comprimento multi variados , são utilizadas para cargas muito elevadas e quando se quer alcançar uma estabilidade horizontal especifica.
Seja a cabeça do montante que as barras , são finalizadas com guarnições de borracha apropriadas para permitir o encaixe ; com função de eliminar o atrito e de permitir uma montagem correta entre a estrutura e os painéis do piso elevado.

Pedido de informação

Para entrar em contato com Ariostea e pedir informações de qualquer tipo, preencha o formulário abaixo, você será contactado o mais rapidamente possível.
Insira um endereço de e-mail correto e ativo.
Os campos marcados com * que eles são necessários.




 Adicione a sua lista para solicitar informações!
0
Não inclua no e-mail
Não foram encontrados resultados.
call me Por favor, ligue-nos o mais rapidamente possível.

Desejo receber notícias e Ariostea.
Desejo receber notícias e Ariostea.


PRIVACY
* Confirmo que eu li, entendi e aceito os termos do tratamento de dados pessoais (Política de Privacidade)